Fotomontagens de Jorge de Lima a ilustre vanguarda




Jorge de Lima é um dos mais ilustres representantes da moderna vanguarda literária brasileira. É autor de uma obra extensa, que atravessou diversas fases e estilos, desde sua estreia neo-parnasiana, com os XIV Alexandrinos (1914), até seu último poema épico, A Invenção de Orfeu (1952), passando pelos versos livres de A Túnica Inconsútil (1938), entre outros tantos títulos. Caracterizou-se por uma investigação incansável de temas e formas fundamentais da brasilidade, moldando-as de acordo com sua visão de mundo influenciada pela mística cristã e pelo surrealismo. A um tempo regionalista e universal, popular e erudito, clássico e moderno, o caráter multifacetado de suas criações literárias desafiam até hoje a compreensão por parte da crítica.
Somem-se a isso as suas criações como artista plástico. Apesar de ser uma faceta menos conhecida do artista, ela não é menos significativa. Além de se dedicar ao desenho e à pintura, Jorge de Lima foi o primeiro artista brasileiro a produzir fotomontagens.
Esta exposição reúne as fotomontagens feitas por Jorge de Lima entre os anos 1930-40. Algumas dessas imagens fizeram parte do livro “A Pintura em Pânico” (1943) que dá nome à exposição, e são aqui, pela primeira vez, apresentadas na íntegra. Foram só 18 dias de exposição no Caixa Cultural do Rio de Janeiro maravilhoso resgate deste majestoso artista surrealista brasileiro e belíssimo trabalho de Simone Rodrigues,Guilherme Whitaker, WSET Multimídia e todos outros que realizaram este trabalho memorável para historia da arte no Brasil, esperamos a exposição que venha a São Paulo, caso não ocorra podemos ver seus trabalhos na rede, no site:


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entrevista Exclusiva: LUIZ ROSEMBERG FILHO O Pensador do Cinema Brasileiro.

Exposição no Brasil da Pop Art ao cinema underground ou Experimental?